domingo, 2 de setembro de 2012

desmascarando o inimigo



Além de usar de forma tendenciosa e errônea o versículo Ml 3,10 eles ainda adulteram o próximo versículo.Ml 3,11: “E por causa de vós repreenderei o DEVORADOR, e ele não destruirá os frutos da vossa terra; e a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos”. Obs. 2: Eles inventam que o devorador é o demônio para assustar os seguidores, mas como dízimo é o que vem do campo, o dev
orador não é nada mais do que um gafanhoto. Lv 11,22: “Deles comereis estes: a locusta segundo a sua espécie, o GAFANHOTO DEVORADOR segundo a sua espécie, o GRILO segundo a sua espécie, e o GAFANHOTO segundo a sua espécie”. Pois em Ml 3,11 mostra que Deus cuidava para que o gafanhoto não devorasse a plantação. Nas Bíblias católicas, por serem mais próximas do original, em vez de devorador usa-se “pragas das plantações ou gafanhoto”.