domingo, 2 de janeiro de 2011

Autoridades egípcias confirmam 21 mortos por explosão em Alexandria


Autoridades egípcias confirmam 21 mortos por explosão em Alexandria
01 de janeiro de 2011  05h28  atualizado às 08h29

comentários
Ao menos sete pessoas morreram e outras 24 ficaram feridas no atentado com um carro-bomba contra uma igreja copta de Alexandria, a grande cidade do .... Foto: AP

Explosão ocorreu por volta da meia-noite local 
nos arredores de uma igreja
Foto: AP


As autoridades egípcias confirmaram neste sábado que 21 pessoas morreram e outras 43 ficaram feridas pela explosão de um carro-bomba à meia-noite em frente a uma igreja cristã na cidade de Alexandria.
O porta-voz do Ministério da Saúde, Abdel Rahman Shahin, informou em comunicado que os feridos, com queimaduras e cortes no corpo, foram transferidos para hospitais de Alexandria e do Cairo.
O atentado foi perpetrado contra a Igreja dos Santos, no bairro de Sidi Bishr, a 0h15 do horário local, quando havia cerca de mil fiéis dentro do local religioso. A bomba estava em um veículo estacionado no lugar. Entre os feridos há oito muçulmanos, incluindo um agente de segurança e três pessoas que estavam guardando automóveis. Restos mortais das vítimas ficaram espalhados pela rua onde aconteceu o atentado, que danificou edifícios próximos, como uma mesquita situada em frente ao templo cristão.
Trata-se de um dos atentados mais sangrentos ocorridos no Egito nos últimos anos, sendo o mais grave contra a comunidade cristã do país, que representa 10% da população. Nas últimas semanas, organizações terroristas iraquianas vinculadas à Al Qaeda perpetraram vários ataques contra cristãos do país em protesto pelo suposto desaparecimento de duas mulheres egípcias que eram cristãs e se converteram ao islã.