sexta-feira, 20 de março de 2015

RCC Maranhão reunirá lideranças da Comunicação

Mensagem de Dom Gilberto Pastana, Presidente da CNBB Regional NE5.

https://www.youtube.com/watch?v=M-DhE9g9ojA

------------------------------------------------------------------------------------------------

RCC Maranhão reunirá lideranças da Comunicação 

Nos dias 21 e 22 de março, o Ministério da Comunicação Social do Maranhão, reunirá as lideranças do MCS, coordenadores diocesanos do ministério e seus respectivos núcleos, para oração, escuta profética e planejamento sobre a atuação da Comunicação no estado. O retiro acontecerá na Arquidiocese de São Luís do Maranhão, na Casa dos Combonianos e deve reunir as 12 Dioceses do estado.

Com dois retiros previstos para o ano de 2015, ambos focados apenas nas coordenações diocesanas, o MCS espera organizar até o final do ano a Rede de Comunicação e fazer funcionar os canais de Comunicação do estado, como o Portal, as Redes Sociais e as relações institucionais, entre os participantes e com outros organismos, pastorais e demais setores da sociedade.  Para isso, uma vez organizadas as equipes e plano de comunicação das Dioceses, o ministério tem como meta chegar a todos os grupos de oração do Maranhão, promovendo, com a comunicação integrada, a comunhão necessária e urgente para os nossos dias, na RCC.

“Em 2014 priorizamos a implantação do MCS, em todas as Dioceses do estado. Nesse ano, o foco será a formação das coordenações Diocesanas, pois, entendemos que para executar o Semear no Espírito nas Dioceses, os líderes da Comunicação precisam entender seu papel na coordenação da RCC e o papel de suas equipes. Só assim conseguiremos auxiliar com excelência as Presidências Diocesanas da RCC e isso reflete, com certeza, no crescimento e maturidade do movimento, em nível de Brasil. Dioceses bem formadas sempre darão a devida importância aos grupos de oração e saberão, por isso, qual seu papel dentro dos pilares do planejamento da RCC!”, explica a coordenadora do Ministério da Comunicação Social no estado, Virgínia Diniz, que será a formadora do encontro.

O Presidente da RCC Maranhão, João Luiz Everton Farias, estará no retiro com os comunicadores.  Para ele, momentos de formação como esse são extremamente importantes para a formação das lideranças carismáticas. “Um servo bem instruído e formado em seu ministério, será um fiel carismáticos e ocupando seu posto no Reino, cumprirá com alegria e ardor missionário a missão que lhe foi confiada”, enfatiza.

As 12 Dioceses foram mobilizadas a participar e uma vez as equipes funcionando, com as devidas engrenagens, força do Espírito e articuladas entre si, formarão uma grande força de Comunicação, não apenas em prol do movimento, mas para toda a Igreja do estado, que alcança os 217 municípios do Maranhão e compreende o regional CNBB Nordeste 5. Essa missão é reforçada pela palavra do Presidente do regional CNBB NE5, Dom Gilberto Pastana de Oliveira, que enviou um vídeo-mensagem aos comunicadores da RCC, desejando um excelente encontro de formação e reforçando o desejo de que a RCC, também com a Comunicação, cumpra o chamado que é feito pelo Espírito, de ser corrente de graça para a Igreja.

Além da formação das equipes diocesanas, o próximo passo será o encontro com todos os comunicadores do Reino, dos 332 grupos de oração do estado, cadastrados no Savic, durante o primeiro Encontro Estadual para coordenadores e núcleos de grupos de oração. Quarto encontro realizado, no Brasil, com essa temática e objetivo, agendado para o dia 18 e 19 de abril, na sede da RCC da Arquidiocese de São Luís do Maranhão, que terá como formadora a Presidente da RCC Brasil, Kátia Roldi Zavaris.


video


--
Virgínia Diniz - (98) 8321 7923 Tim/ 98* 8148 3366 Whatsapp
Coordenadora Estadual Ministério de Comunicação Social
Renovação Carismática Católica - RCC - Maranhão
2014-2015

quarta-feira, 11 de março de 2015

Simpósio de Liderança Fraternidade O Caminho em São Luís 8 e 9 de Março de 2015

O Simpósio de Liderança foi muito rico e nos trouxe 

ensinamentos importantes para conseguirmos levar adiante 

os planos de Deus. 

Todos nós somos chamados à liderança, independente da 

nossa personalidade, do nosso conhecimento e experiência. 

O bom é servir ao Senhor com toda a diversidade 

encontrada!





Irã: católicos recebem 80 chibatadas porque comungaram vinho consagrado durante a missa.



 Irã: católicos recebem 80 chibatadas porque comungaram vinho consagrado durante a missa.


63275_N_23-10-13-23-00-47


Foi aplicada no dia 30 de outubro a bizarra sentença de 80 chicotadas contra dois cristãos condenados por “consumo de álcool” no Irã: eles tinham comungado bebendo o vinho eucarístico durante uma liturgia cristã. Segundo informações da Agência Fides, os cristãos Behzad Taalipasand e Mehdi Dadkhah receberam 80 açoites aplicados com violência brutal.
Fontes locais informam que outro condenado, Mehdi Reza Omidi, também foi açoitado neste dia 2 de novembro. Ainda não se sabe quando será castigado um quarto réu, Amir Hatemi.
As acusações são de “consumo de álcool” e “posse de um receptor e de uma antena parabólica”. De acordo com a ONG Christian Solidarity Worldwide (CSW), os quatro condenados tinham dez dias para apresentar uma apelação depois da sentença decretada em 20 de outubro, mas a condenação foi executada com extrema rapidez. Não ficou claro se as apelações foram rejeitadas ou se nem sequer foram levadas em conta.
Mervyn Thomas, diretor da Christian Solidarity Worldwide, declara em nota enviada à Agência Fides: “Estes homens foram castigados simplesmente porque participaram de um sacramento praticado durante séculos por cristãos de todo o mundo. É uma violação terrível e injusta do direito a manifestar a própria fé com práticas de culto e dentro dos rituais. O Irã se obrigou, quando aderiu ao Pacto Internacional de Direitos Civis e Políticos, a apoiar a liberdade de religião e de credo de todas as comunidades religiosas. Além disso, essa pena viola o artigo 5º da convenção, que proíbe os castigos desumanos ou degradantes. Instamos o governo iraniano a agir em conformidade com os seus compromissos internacionais”.

Você sabe quantos casais santos estão nos altares da Igreja?

Você sabe quantos casais santos estão nos altares da Igreja?

Postado em 9 de março de 201510 de março de 2015 por Carmadélio
 view



Devido ao anúncio da canonização dos pais de Santa Teresa de Lisieux, surge a curiosidade de saber quantos outros santos casados estão nos altares. Conheça quem são eles, o que fizeram para vencer as crises que às vezes se apresentam nos casamentos e como deram a vida pela fé.

O caminho à santidade é possível na vida conjugal. Exemplo disso são, em primeiro lugar, a Santíssima Virgem Maria e seu esposo São José, que são parentes de São Joaquim e Santa Ana, pais da Virgem.

No início do cristianismo há uma lista numerosa de casais que foram martirizados, como os cônjuges Áquila e Priscila, colaboradores do apóstolo Paulo e por cuja proteção expuseram suas próprias vidas.

No século VII na Bélgica estão São Vicente e Santa Valdetrudis, pais de quatro filhos também santos: Landerico (Bispo de Paris), Dentellino (que morreu jovem), Aldetrudis e Madelberta (abadessas do mosteiro de Maubeuge).

Do mesmo modo, Santa Valdetrudis provém de uma família em que Walberto e Bertilia, seus pais, também são santos, assim como a sua irmã Santa Aldegundis.

No século XII está São Isidro Lavrador junto com a sua esposa Santa Maria da Cabeça. Diz-se que certo dia eles estavam no campo e seu filhinho caiu em um poço muito profundo. Como não conseguiram resgatá-lo, ajoelharam-se e começaram a rezar. De repente, as águas começaram a subir e o menino apareceu sem nenhum arranhão.

Entre os mais atuais se venera no Brasil os beatos mártires Manuel Rodrigues Moura e a sua esposa, vítimas da opressão que se desencadeou contra a fé católica (1645). Junto a eles estão muitos casais mártires no Japão e Coréia.

No mês de outubro está prevista a canonização de Louis e Zelie Martin, pais de Santa Teresinha do Menino Jesus, justamente no marco do Sínodo da Família no Vaticano. O caminho aos altares destes esposos foi mais rápido que o dos cônjuges Luigi e Maria Beltrame Quattrochi, beatificados em outubro de 2001

Nem a Cruz sem Jesus, nem Jesus sem a Cruz!