quinta-feira, 24 de julho de 2014

"O testemunho da beleza da família" é refletido no texto preparatório do Sínodo


E-mailImprimirPDF
sinodo-panoramicaO Instrumento de trabalho do Sínodo Extraordinário dos Bispos sobre a Família, convocado pelo papa Francisco para o mês de outubro, traz reflexão que trata da importância do "Testemunha da beleza da família". De acordo com o texto de trabalho, que será debatido pelo bispos do mundo inteiro, "o testemunho é essencial, não só de coerência com os princípios da família cristã, mas também da beleza e da alegria". Ainda, o Instrumento valoriza o trabalho da Pastoral Familiar, mas por outro lado, recorda a necessidade desta pastoral ser "o caminho do testemunho cheio de encanto da família vivido à luz do Evangelho e em união constante com Deus". Vale a pena ler essa reflexão.
Confira abaixo trechos do Instrumento:
"O Testemunha da beleza da família"
59. Um ponto-chave para a promoção de uma pastoral familiar autêntica e incisiva parece ser ultimamente o testemunho do casal. Este elemento foi recordado por todas as respostas. O testemunho é essencial, não só de coerência com os princípios da família cristã, mas também da beleza e da alegria que proporciona o acolhimento do anúncio evangélico no matrimônio e na vida familiar. Também na pastoral familiar se sente a necessidade de percorrer a via pulchritudinis, ou seja, o caminho do testemunho cheio de encanto da família vivido à luz do Evangelho e em união constante com Deus. Trata-se de mostrar também na vida familiar que «crer n'Ele e segui-lo não é algo apenas verdadeiro e justo, mas também belo, capaz de cumular a vida dum novo esplendor e duma alegria profunda, mesmo no meio das provações» (EG 167).
60. Algumas Conferências Episcopais fazem notar que, mesmo se em muitas áreas geográficas o bom êxito do matrimônio e da família já não é dado por certo, observa-se, contudo, que nos jovens há uma elevada estima pelos cônjuges que, até depois de muitos anos de matrimônio, ainda vivem uma escolha de vida que se distingue pelo amor e pela fidelidade. Também por isto, celebram-se em muitas dioceses, na presença dos bispos, jubileus e festas de agradecimento pelos cônjuges casados há anos. Nesta mesma direção, se reconhece o testemunho especial dado por aqueles cônjuges que permanecem ao lado do próprio consorte não obstante problemas e dificuldades.
Assessoria de Imprensa CNPF com Vatican.va