sábado, 20 de setembro de 2014

Veneração de imagens e dos Santos

VENERAÇÃO DE IMAGENS.

ACUSAÇÃO : Os católicos praticam a idolatria, fazendo e adorando imagens, o que Deus
proíbe na Bíblia, dizendo : "Não farás para ti escultura alguma do que está nos céus, ou abaixo
sobre a terra, ou nas águas, debaixo da terra" ( Ex 20,4 ) .
RESPOSTA : O mesmo Deus, no mesmo livro do Êxodo, manda Moisés fazer dois querubins
de ouro e coloca-los por cima da Arca da Aliança ( Ex 25,18-20 ) . Manda-lhe, também, fazer
uma serpente de bronze e colocá-la por cima duma haste, para curar os mordidos pelas
serpentes venenosas (Nm 21,8-9 ). Manda, ainda, a Salomão enfeitar o templo de Jerusalém
com imagens de querubins, palmas, flores, bois e leões ( I Reis 6,23-35 e 7,29 ), etc.

Seria uma grande blasfêmia desses "crentes" considerar Deus como incoerente, já que num
lugar da Bíblia manda fazer imagens, esquecido que no ouro lugar o teria proibido ! Ora, os
primeiros cristãos martirizados aos milhares porque se recusaram a adorar imagens de deuses
falsos, estudaram a Bíblia com mais atenção e respeito. Eles não tiravam esses trechos
proibitivos de seu contexto e, comparando-os com outros, ficaram convencidos de que Deus
proíbe apenas fazer imagens de deuses falsos, e adorá-los - como o faziam os vizinhos
pagãos, - mas Ele não proíbe fazer outras imagens.
Eis o verdadeiro sentido desta proibição bíblica, no seu contexto : "Eu sou o Senhor teu Deus
que te fez sair do Egito, da casa da servidão. Não terás outros deuses diante de minha face.
Não farás para ti escultura alguma do que ( daqueles falsos deuses, que na errada imaginação
dos pagãos ) está em cima nos céus, ou debaixo sobre a terra, ou nas águas, de baixo da
terra. Não te prostrarás diante deles e não lhes prestarás culto, ( à imitação dos pagãos ) ( Ex
20,2-5 ). Esta proibição, intencionada por Deus, repete-se em vários lugares da Bíblia, como
por ex. "Não adores nenhum outro deus" ( Ex 34,14 ) ou "Não farás para ti deuses fundidos " (
Ex. 34-17 ) .
Por isso os primeiros cristãos pintaram nas catacumbas muitas imagens das cenas bíblicas do Antigo e Novo Testamento, e legaram , para a veneração dos séculos posteriores, as imagens
de Cristo-Sofredor, na toalha de Verônica, e no sudário sepulcral, guardado em Turim na Itália.
Alguns santos dos primeiros séculos afirmavam que as imagens da Bíblia, Via Sacra, de Jesus crucificado e dos santos são o único "livro" que também os pobres e analfabetos entendem e aproveitam. Isso vale, ainda hoje, para milhões de pessoas.
O sentido da veneração das imagens, segundo a tradição dos apóstolos, está resumido nesta bênção de imagens, do Ritual Católico:
"Deus eterno e Todo-Poderoso, não reprovais a escultura ou pintura das imagens dos santos,para que à sua vista possamos meditar os seus exemplos e imitar as suas virtudes. Nós vos pedimos que abençoeis e santifiqueis esta(s) imagem(ns), feita para recordar e honrar o vosso Filho Unigênito e nosso Senhor Jesus Cristo (ou : o(s) Santo(s) NN. Concebei a todos os que diante dela(s) desejarem venerar e glorificar o vosso Filho Unigênito (ou : o(s) Santo(s) NN.), que por seus merecimentos e intercessão, alcancem no presente a vossa graça e no futuro, a glória eterna. Por Cristo, Nosso Senhor. Amém ".

Tipos de Cultos:

Latria ( Grego : " latreuo") quer dizer adorar : Reservado apenas a Deus ( 3 qualidades Onipotência, Onisciência e Onipresença), tem que haver sacrifício (ex.: sacrifício do altar Eucaristia).;  adorar significa  reconhecer como Deus e criador de todas as coisas.

Dulia ( Grego : "douleuo") quer dizer Honrar : Veneração  Santos

Hiperdulia ( Grego :" hyper" acima de ;"douleuo" honrar) : Acima de todas venerações , porém sem atingir culto de adoração.  Nossa Senhora.

No Aurélio on line : render culto a , reverenciar , venerar os santos / ter em grande respeito , consideração,acatar , venerar os pais..


Idolatrar significa em certo sentido o oposto, pois designa a ação de 
adorar uma criatura em vez de adorar o Criador. A idolatria consistiria em achar 
que a divindade está em uma estátua, por exemplo. Ou seja, teríamos que 
colocar alimentos para as imagens, como faziam os romanos, os egípcios e os 
demais povos idólatras. Teríamos que achar que Deus e o santo são a mesma 
pessoa. No fundo, seria dizer que S. Benedito não é e nem foi S. Benedito, 
mas foi Deus, etc

Veja como os protestantes costumam entrar em contradição: 
Atos (5:34) Mas, levantando-se no conselho um certo fariseu, chamado 
Gamaliel, doutor da lei, venerado por todo o povo, mandou que por um 
pouco levassem para fora os apóstolos; (bíblia João Ferreira de Almeida) 
Para acusar a Igreja de idolatria eles usam apenas o versículo (20,4). Mas o 
mandamento começa no versículo 3 e termina no 5. Observe: 
3-Não terás outros deuses diante de minha face. 
4-Não farás para ti escultura, nem figura alguma do que 
está em cima, nos céus, ou embaixo, sobre a terra, ou 
nas águas, debaixo da terra. 
5-Não te prostrarás diante delas e não lhes prestarás 
culto. (Êxodo 20:3-4-5) 
Veja a quem Deus estava se referindo em (êxodo 20, 4) 
ídolos- “לֶסֶפ֙ -. dessa forma vemos que a passagem é uma clara 
referência aos deuses do egito que "há em cima nos céus". rá (ou rê), í bis, 
hórus, toth “… 
embaixo na terra…” anúbis, ápis, khepra, babuino, apófis, bastet, geb 
 “…ou nas águas debaixo da terra.”.: sebek, tuéris, (taueret) . 
 leia o mandamento do inicio ex 20,3”não terás outros deuses diante de mim” se refere a deuses(ídolos-pesel- “לֶסֶפ֙ ) 31
O que os "crentes' não sabem é que os ídolos do velho 
O que os "crentes' não sabem é que os ídolos do velho testamento não 
existem mais como previu Zacarias Zc 13,2”. E acontecerá naquele dia — 
oráculo de Iahweh dos Exércitos —, que eu exterminarei da terra os nomes dos 
ídolos: eles não serão mais lembrados. 
O nosso Deus não é contraditório
"Farás dois querubins de ouro; de ouro batido os farás, nas duas 
extremidades do propiciatório. Farás um querubim na extremidade de uma 
parte, e outro querubim na extremidade de outra parte; de uma só peça com o 
propiciatório fareis os querubins nas duas extremidades dele." (Ex 25,18-19) 
Neste versículo, Deus ordena a Moisés que construa duas imagens de 
querubins que serão colocadas em cima da arca-da-aliança, onde estavam as 
tábuas da lei, dos dez mandamentos. Veja que os querubins aqui não são 
objetos de adoração, mas de ornamentação da arca. Salomão também manda 
construir dois querubins de madeira, que serão colocados no altar para enfeitar 
o templo (1 Rs 6, 23-29). 
Para deixar mais claro ainda a proibição e a permissão do uso das 
imagens sacras, vejamos os próximos versículos: 
"E disse o Senhor a Moisés: Faze uma serpente ardente e põe-na sobre 
uma haste; e será que viverá todo mordido que olhar para ela. E Moisés fez 
uma serpente de metal e pô-la sobre uma haste; e era que, mordendo alguma 
serpente a alguém, olhava para a serpente de metal e ficava vivo."(Nm 21, 8-9) 
"Este [Ezequias] tirou os altos, e quebrou as estátuas, e deitou abaixo os 
bosques e fez em pedaços a serpente de metal que Moisés fizera, porquanto 
até aquele dia os filhos de Israel lhe queimavam incenso e lhe chamavam 
Neustã."(2Rs 18, 4) 
Note que no primeiro texto de Nm 21, 8-9, Deus não só permitiu o uso da 
imagem, como também a utiliza para o seu serviço; e a transforma em objeto 
de benção para seu povo, sinal de Seu amor por Israel. 
E no segundo texto de 2 Rs 18 ,4 a mesma serpente de metal que outrora 
foi construída por Moisés, é repudiada por Deus. Tornou-se objeto de 
adoração, pois "os filhos de Israel lhe queimavam incenso". Deram a ela o culto 
devido somente a Deus. A Serpente de metal perdeu como nos mostra o texto, 
o seu sentido original, porque os filhos de Israel "não obedeceram à voz do 
Senhor, seu Deus; antes, transpassaram seu concerto; e tudo quanto Moisés, 
servo do Senhor, tinha ordenado, nem o ouviram nem o fizeram." (2 Rs 18, 12) 
Tributai ao Senhor a glória devida ao seu nome. Trazei oferendas e 
chegai à sua presença, adorai o Senhor e transportaram-na com a tenda de 
reunião e todo o seu mobiliário de utensílios sagrados. (I Crônicas 16,29). 
Foram os sacerdotes levíticos que fizeram essa transladação. com 
ornamentos sagrados. (II Crônicas 5, 5)
Rendei-lhe a glória devida ao seu nome; adorai o Senhor com ornamentos 
sagrados. (Salmos 28,2) 

Assim fica mais que claro que Deus não condena o uso das imagens 
sacras e sim a fabricação de ídolos. 
Muitas vezes andando nas ruas encontramos pessoas vestidas com 
ternos e com uma Bíblia na mão, ensinando que usar imagens em igrejas é 
idolatria. Por este motivo costumam chamar os católicos de idólatras, isto é, 
adoradores de ídolos, que quer dizer adoradores de falsos deuses. E ainda 
acusam a Igreja Católica de ensinar a adoração destas imagens. 
A Igreja Católica é a única Igreja que tem ligação direta com os apóstolos 
de Cristo, sendo ela a guardiã da doutrina ensinada por eles e por Cristo, sem 
lhe inculcar qualquer mudança. 
Se ela quisesse mesmo agir contra a ordem divina, teria adulterado a 
Bíblia nas passagens em que há a condenação das imagens. Na Bíblia católica 
- pois a Bíblia protestante não contém sete livros relativos ao Velho 
Testamento- o Livro da Sabedoria condena como nenhum outro a idolatria (Sb 
13-15). Não poderia a Igreja repudiar o livro como fizeram os protestantes? 
Na Sagrada Escritura há outras passagens que condenam a confecção de 
“imagens” como, por exemplo: Lv 26, 1; Dt 7, 25; Sl 97, 7 e etc. Mas também 
há outras passagens que defendem sua confecção como: Ex 25,17-22; 37,7-9; 
41,18; Nm 21, 8-9; 1 Rs 6, 23-29. 32; 7, 26-29. 36; 8, 7; 1Cr 28 ,18-19; 2 Cr 3, 
7, 10-14; 5, 8; 1 Sm 4, 4 etc. 
Pode Deus infinitamente perfeito entrar em contradição consigo mesmo? 
É claro que não. E como podemos explicar esta aparente contradição na 
Bíblia? 
Isto é muito simples de ser explicado. Deus condena a idolatria e não a 
confecção de imagens. Quando o objetivo da imagem é representar, ou for um 
ídolo que vai roubar a adoração devida a somente a Deus, ela é abominável. 
Quando a Bíblia condena a confecção da “imagem” porque ela está roubando o 
culto de adoração ao nosso Senhor (Ex 2, 3, 4, 5). A existência deste 
mandamento se deve pelo fato do povo judeu ser inclinado à idolatria, por ter 
vivido no Egito que era uma nação idólatra e por estar cercado de nações 
pagãs, que não adoravam a Deus, e que construíam seus próprios deuses. 
Deus quer dizer aqui "não construam deuses para vocês, pois Eu Sou o Deus 
Único e Verdadeiro". 
Vimos que Deus não condena o uso de imagens sacras, mas sim a 
fabricação de ídolos, (deuses). 
Nenhum católico está autorizado fabricar imagem de qualquer coisa, ou 
seja, fazer ídolos pra si. Toda a imagem sacra que possui nos templos ou na 
casa de algum fiel, tem que ter a permissão da Igreja aquela que tem o poder 
de ligar e desligar na terra. (MT 16,19). 
Como disse o apologista Paulo Leitão: Se perguntar pra qualquer 
católico(a), pode ser o(a) mais ignorante que seja; Ver uma foto de São 
Francisco na casa dele(a) pergunte “isso aí é um deus?” é claro que ele(a) vai 
responder: não é um quadro de São Francisco. 
Quando alguém insistir que as imagens são deuses é só pedir para o 
mesmo apresentar um documento do vaticano ou uma passagem do CIC 
(Catecismo da Igreja Católica), dizendo que as tais imagens são deuses e que 
de a mesma devem ser adoradas. 
O que é idolatria no novo testamento? 
A idolatria pode ter vários sentidos. É importante lembrarmos que há 
muitas outras formas de idolatria, como o amor ao dinheiro, aos bens materiais, 
etc; que substituem o amor que devemos ter somente por Deus. Em varias 
passagens Jesus nos alertou sobre esses ídolos. 
Não servir Deus e o dinheiro, o deus mamom (Luc. 16, 13). 
Apego os bens materiais. (Marc. 10, 5). 
Tesouro na terra (Luc 12, 20, 21). 
O demônio transportou-o uma vez mais, a um monte muito alto, e lhe 
mostrou todos os reinos do mundo e a sua glória, e disse-lhe: Dar-te-ei tudo 
isto se, prostrando-te diante de mim, me adorares. (Mt. 4, 8, 8). 
Porque sabei-o bem: nenhum dissoluto, ou impuro, ou avarento - 
verdadeiros idólatras! - terá herança no Reino de Cristo e de Deus. (Ef 5, 5) 
Os dez mandamentos da lei de Deus foram resumindo por Jesus em 
apenas dois: Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti 
mesmo. (Luc 10, 26). Portanto meus amados existem muitas outras maneiras 
de cometer á idolatria. 
Praticamos á idolatria quando deixamos de visitar o nosso irmão no 
hospital. 
Quando deixamos de socorrer o próximo, em suas necessidades, seja ela 
financeira ou até mesmo espiritual. 
Quando negamos ajuda aos que mais necessita. 
Quando achamos que a felicidade está apenas no sexo, passar cultuar o 
mesmo em nossa mente. 
Quando nos esquecemos de dar o devido valor as nossas famílias 
conjugue, filhos, etc. 
Quando deixamos nos levar pelo vício e pelo prazer.
Quando gastamos nosso dinheiro com coisas inúteis enquanto sabemos 
que próximo está passando necessidades ou está sem condições de comprar 
um remédio, pagar uma cirurgia, etc. 
 Praticamos a idolatria principalmente quando colocamos quaisquer coisas 
na frente de Deus. Ex. deixamos de ir a Missa por causa de uma festa, de 
assistir um jogo. Ou está na Missa preocupado em perder o capitulo da novela. 
Como vimos existem diversos tipos de idolatrias. Cabe a nós buscar a 
Deus e colocar Ele em primeiro plano em nossas vidas. 
É bom os acusadores saberem que a Igreja Católica é a que mais 
combate a idolatria. Uma pessoa quando entra pra vida religiosa tem que fazer 
“voto de pobreza” 
A maioria dos padres mora em casas paroquiais. 
Ante o que ocupa o maior cargo da Igreja o Papa, não pode possuir bens em 
seu nome. Exemplo Bento XVI. Que possui: Oito Doutorados:
• 1984 Doutor Honoris Causa pelo College of St. Thomas in St. Paul / 
Minnesota 
• 1985 Doutor Honoris Causa pela Universidade Católica do Eichstätt 
• 1986 Doutor Honoris Causa pela Universidade Católica de Lima 
• 1986 Doutor Honoris Causa pela Faculdade de Telogia Pontifícia e Civil de 
Lima 
• 1988 Doutor Honoris Causa pela Universidade Católica do Lublin. 
• 1998 Doutor Honoris Causa pela Universidade da Navarra na Pamplona. 
• 1999 Doutor Honoris Causa pela Universidade Livre Maria SS Assunta 
(LUMSA) em Roma. 
• 2000 Doutor Honoris Causa pela Faculdade de Teologia da Universidade 
do Wroclaw 
Alem de todos esses conhecimentos ele escreveu vários livros, vendeu 
milhões de copias e não possui bens em seu nome. 
Muitos vivem na cegueira acusando a Igreja de idolatria e não conseguem 
enxergar que a verdadeira idolatria está sendo celebrada nas suas próprias 
igrejas. 
É como ver igrejas pregando um “Jesus” que oferece carrões, dinheiro, 
emprego, curas, casamento, qualquer bem terreno para ser seguido. 
O diabo ofereceu dinheiro e poder pra Jesus pra que o mesmo o 
adorasse, porém ele recusou. Esse “Jesus” que oferece tais coisas pra ser 
adorado certamente não é o Cristo verdadeiro. O caminho de Cristo é a Cruz. 
“O mal e o Dragão faz presente em nossa historia, mas ele não é o mais 
forte; Deus é o mais forte e Deus é a nossa esperança! É verdade que hoje 
mais ou menos todas as pessoas e também os mais jovens, experimentam o 
fascínio de tantos ídolos que se colocam no lugar de Deus dar esperança ao 
deus dinheiro, o poder, o sucesso, o prazer”. (Papa Francisco. JMJ Rio 2013) 
Enquanto os demais ídolos exemplos dos deuses pagãos da Roma 
antiga, Grécia, Ásia, e até mesmo na America como os deuses dos Astecas, 
deus Tupã... a Igreja combateu e dificilmente os seus nomes são lembrado. 
Mesmo com todas essas explicações ainda vai haver protestantes vir 
dizer que nós idolatramos imagens devido ao ato de dobrarmos os joelhos 
diante das mesmas. 
Os católicos quando rezam diante de uma imagem não estão idolatrando 
tal imagem. Quem enxerga dessa maneira certamente acha que quando 
alguém fala ao telefone ela está falando com o aparelho. 
“Jesus foi acusado de blasfêmia e a sua Igreja é acusada de idolatria”. 

AJOELHAR NÃO SIGNIFICA ADORAR 
*Josué rasgou as suas vestes, e se prostrou em terra sobre o seu rosto 
perante a arca do Senhor até à tarde, ele e os anciãos de Israel; e deitaram pó 
sobre as suas cabeças. (Josué 7, 6). 
*Jacó prostrou-se diante de Esaú: passando adiante, prostrou-se até a 
terra sete vezes antes de se aproximar do seu irmão [Esaú]. (Gênesis 33, 3) 
*Os irmãos de José do Egito prostraram-se diante dele (revelado em 
profecia): José teve ainda outro sonho, que contou aos seus irmãos. “Tive, 
disse ele, ainda um sonho: o sol, a lua e onze estrelas prostravam-se diante de 
mim.” (Gênesis 37, 9) 
*Rute prostrou-se diante do seu chefe: (Rute 2, 10) Rute, caindo aos seus 
pés, prostrou-se por terra: De onde me vem a dita, disse ela, de que te 
interesses por mim, uma estrangeira? 
*David diante de Saul (I Samuel 24, 9) Então Davi saiu por sua vez e 
bradou atrás de Saul: Ó rei, meu senhor! Saul voltou-se para ver, e Davi 
inclinou-se, prostrando-se até a terra. 
*Abgail prostrou-se diante de Davi: (I Samuel 25, 23) Quando Abigail 
avistou Davi, desceu prontamente do jumento e prostrou-se com o rosto por 
terra diante dele. 
*Filhos de profetas prostraram-se diante de Eliseu (II Reis 2, 15) Os filhos 
dos profetas que estavam em Jericó, vendo o que acontecera defronte deles, 
disseram: O Espírito de Elias repousa em Eliseu. Foram-lhe ao encontro, 
prostraram-se por terra diante dele. 
*Ester prostrou-se diante do rei.(Ester 8, 3) 
Veja outros exemplos! 
As pessoas se ajoelharam diante de Judá para louvá-lo! 
*(Gen 49, 8) – Judá a ti te louvará os teus irmãos; a tua mão será sobre o 
pescoço de teus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. De novo à 36
presença do rei e falou. Prostrada aos seus  desfeita em lágrimas, lhe 
suplicava que destruísse as maquinações que Amã, o agagita, tinha 
perversamente urdido contra os judeus. 
*Nabucodonor, rei babilônico, prostrou-se diante de Daniel: (Daniel 2, 46) 
Nesse instante, o rei Nabucodonosor atirou-se de rosto em terra, prostrado 
diante de Daniel; depois ordenou que lhe fossem oferecidos oblações e 
perfumes. 

*Todos os infiéis prostraram-se diante de todos os fiéis de Deus (por 
ordem de Deus): Eu te entrego adeptos da sinagoga de Satanás, desses que 
se dizem judeus, e não o são, mas mentem. Eis que os farei vir prostrar-se aos 
teus pés e reconhecerão que eu te amo. (Apocalipse 3, 9) 
 desfeita em lágrimas, lhe 
suplicava que destruísse as maquinações que Amã, o agagita, tinha 
perversamente urdido contra os judeus. 
*Nabucodonor, rei babilônico, prostrou-se diante de Daniel: (Daniel 2, 46) 
Nesse instante, o rei Nabucodonosor atirou-se de rosto em terra, prostrado 
diante de Daniel; depois ordenou que lhe fossem oferecidos oblações e 
perfumes. 

*Todos os infiéis prostraram-se diante de todos os fiéis de Deus (por 
ordem de Deus): Eu te entrego adeptos da sinagoga de Satanás, desses que 
se dizem judeus, e não o são, mas mentem. Eis que os farei vir prostrar-se aos 
teus pés e reconhecerão que eu te amo. (Apocalipse 3, 9) 
 desfeita em lágrimas, lhe 
suplicava que destruísse as maquinações que Amã, o agagita, tinha 
perversamente urdido contra os judeus. 
*Nabucodonor, rei babilônico, prostrou-se diante de Daniel: (Daniel 2, 46) 
Nesse instante, o rei Nabucodonosor atirou-se de rosto em terra, prostrado 
diante de Daniel; depois ordenou que lhe fossem oferecidos oblações e perfumes. 

*Todos os infiéis prostraram-se diante de todos os fiéis de Deus (por 
ordem de Deus): Eu te entrego adeptos da sinagoga de Satanás, desses que 
se dizem judeus, e não o são, mas mentem. Eis que os farei vir prostrar-se aos 
teus pés e reconhecerão que eu te amo. (Apocalipse 3, 9) 

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

ALGUMAS COISAS QUE O BOM CATÓLICO PRECISA SABER

ALGUMAS COISAS QUE O BOM CATÓLICO PRECISA SABER


Para sermos cristãos autênticos não podemos ignorar o básico da nossa fé.
Adiante apresentamos tudo o que um bom cristão católico deve saber e fazer

Mandamentos da Santa Igreja 
OS PRINCIPAIS SÃO CINCO:
1º) Ouvir Missa inteira nos Domingos e festas de guarda.
2º) Confessar-se ao menos uma vez cada ano. (Mês)
3º) Comungar ao menos pela Páscoa da Ressurreição.
4º) Jejuar e abster-se de carne quando manda a Santa Igreja.
5º) Pagar os dízimos segundo o costume.
EXAME DE CONSCIÊNCIA PARA A CONFISSÃO
- Confessei e comunguei pelo menos uma vez por ano?
- Fiz sacrilégio?
- Comi carne nos dias proibidos?
- Ajudei as obras da Igreja?
- Ocultei na Confissão um pecado grave, por medo ou vergonha?
- Denunciei os impedimentos matrimoniais?
- Sou orgulhoso?
- Sou preguiçoso?
- Sou vaidoso?
- Sou egoísta?
- Sou exibido?


Novíssimos do homem
São 4
Morte - Juízo - Inferno - Paraíso


Inimigos da alma
São 3
Mundo - Demônio - Carne

Dotes do corpo glorioso
São 4
Impassibilidade - Claridade - Agilidade - Subtilidade

Pecados capitais

São 7
1º Soberba - 2º Avareza - 3º Luxúria 4º Ira - 5º Gula - 6º Inveja - 7º Preguiça

Contra a soberba tenhamos humildade
" avareza - liberalidade "
" luxúria - castidade "
" ira - paciência "
" gula - temperança "
" inveja - caridade "
" preguiça - diligência"

Pecados contra o Espírito Santo

São 6
1. Desesperação de salvação
2. Presunção de se salvar sem merecimentos
3. Contradizer a verdade conhecida como tal
4. Ter inveja das mercês que Deus faz a outrem
5. Obstinação no pecado 6. Impenitência final


Pecados que bradam ao céu
1. Homicídio voluntário
2. Pecado sensual contra a natureza
3. Opressão dos pobres principalmente órfãos e viúvas
4. Não pagar o salário a quem trabalha


Dons do Espírito Santo
1º - Sapiência
2º - Entendimento
3º - Conselho
4º - Fortaleza
5º - Ciência
6º - Piedade
7º - Temor de Deus


Frutos do Espírito Santo
1º - Caridade
2º - Gozo
3º - Paz
4º - Paciência
5º - Benignidade
6º - Bondade
7º - Longanimidade
8º - Mansidão
9º - Fé
10º - Modéstia
11º - Continência
12º - Castidade Perpétua

Virtudes Teologais

Fé - Esperança - Caridade

Virtudes Cardeais
Prudência - Justiça - Fortaleza - Temperança

Para fazer uma confissão bem feita é preciso:

1. Exame de consciência - pensar nos pecados feitos depois da última confissão.

2. Confissão de boca - declarando ao sacerdote cada um dos pecados, se forem graves ou leve (venial)

3. Dor de coração - com pena de ter ofendido ao Senhor transgredindo seus mandamentos.

4. Propósito de emenda - com vontade de não voltar a pecar.

5. Rezar a penitência - imposta pelo confessor.

Para fazer uma comunhão bem feita é preciso:

1. Estar na graça de Deus.
2. Saber o que se vai fazer.
3. Não ter comido nem bebido pelo menos até uma hora antes da Comunhão.
(Beber água não tem limite de tempo)

Obras de Misericórdia

Sete corporais:

1. Dar de comer a quem tem fome;
2. Dar de beber a quem tem sede;
3. Vestir os nus;
4. Dar pousada aos peregrinos;
5. Assistir aos enfermos;
6. Visitar os presos;
7. Enterrar os mortos;

Sete espirituais:

1. Dar bom conselho;
2. Ensinar os ignorantes;
3. Corrigir os que erram;
4. Consolar os tristes;
5. Perdoar as injurias;
6. Perdoar com paciência as fraquezas do nosso próximo;
7. Rogar a Deus por vivos e defuntos.


Bem-Aventuranças

São oito
1. Bem-aventurados os pobres em espírito porque deles é o reino do Céu.
2. Bem-aventurados os mansos porque eles possuirão a terra.
3. Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados.
4. Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados.
5. Bem-aventurados os que usam de misericórdia, porque alcançarão misericórdia.
6. Bem-aventurados os puros de coração, porque verão a Deus.
7. Bem-aventurados os pacíficos, porque serão chamados filhos de Deus.
8. Bem-aventurados os que padecem perseguição por amor ? justiça, porque deles é o reino do Céu.


Sacramentos
Os Sacramentos na Santa Igreja são sete.
1. Batismo
2. Confirmação
3. Eucaristia
4. Penitência (sacramento da reconciliação)
5. Santa Unção (ou unção dos enfermos)
6. Ordem
7. Matrimonio


Mandamentos da Lei de Deus

Os Mandamentos da Lei de Deus são dez:
Os três primeiros referem-se ? Honra de Deus; e os outros sete a nós mesmos e ao próximo.

1. Adorar a Deus e amá-LO sobre todas as coisas.
2. Não invocar o Santo Nome de Deus em vão.
3. Santificar os Domingos e festas de guarda.
4. Honrar pai e mãe e os outros legítimos superiores.
5. Não matar nem acusar outro dano no corpo ou na alma a si mesmo ou ao próximo.
6. Guardar castidade nas palavras e nas obras.
7. Não furtar nem injustamente reter ou danificar os bens do próximo.
8. Não levantar falsos testemunhos nem de qualquer outro modo faltar ? verdade ou difamar o próximo.
9. Guardar castidade nos pensamentos e dos desejos.
10. Não cobiçar as coisas alheias.





PREPARAÇÃO PARA A CONFISSÃO
Antes do Exame de Consciência:


Meu Deus e Senhor, eu me preparo para receber o Santo Sacramento da penitência.
Iluminai o meu espírito, a fim de que eu conheça claramente o número e a gravidade dos meus pecados, deles me arrependa e os confesse ao vosso ministro com verdadeira dor e firme propósito de nunca mais vos tornar a ofender. Amém.


Jesus me aconselha


- Filho, você pecou?... Não volte ao pecado (Jo. 8,11). - Não fala mal, e ele não cairá sobre você. - Honre seu pai... Para descer sobre você a Minha Benção. - Não despreze os conselhos de sua mãe (Prov. 1,8) - Fuja do pecado, como se foge de uma cobra (Mt. 26, 41).


Santa Teresa e A Confissão

Um dia Santa Teresa viu muitas almas caindo no inferno. Aí ela perguntou a Jesus, por que aquelas almas caíam no inferno.
Jesus respondeu: "Por causa das confissões mal feitas.?
?Então Santa Teresa escreveu logo a um Padre: ?Padre, pregue muitas vezes contra as confissões mal feitas, porque é esse o laço do demônio para pegar as almas.



EXAME DE CONSCIÊNCIA 

1º Mandamento - Amar a Deus sobre todas as coisas.

- Deixei de rezar de manhã e de noite?
- Na hora da comida?
- Rezei sem devoção?
- Duvidei da Fé?
- Acreditei em sonhos, azar, em mau olhado?
- Consultei Espiritas, Benzedores, Feiticeiros e horóscopos?
- Tomei passes?
- Assisti sessões de outras leis?
- Falei mal da Religião?
- Falei mal dos Sacerdotes?
- Zombei das Coisas Santas?
- Li livros contrários ? minha religião?
- Assisti a reuniões maçônicas?
- Tive má vontade para os atos religiosos?
- Queixei-me contra Deus?
- Deixei de aprender a doutrina Cristã?
- Acreditei em Iemanjá e em outras Leis?
- Tive Vergonha de Praticar minha religião?
- Não aceitei a vontade de Deus?

2º Mandamento - Não jurar Seu Santo Nome em vão.

- Disse o Nome de Deus ou dos Santos, sem respeito e em vão?
- Roguei pragas?
- Jurei ? -toa?
- Não cumpri as promessas?
- Disse blasfêmias?
- Jurei falso?
- Jurei sem necessidade?
- Prometi à -toa? 3º Mandamento
- Guardar Domingos e dias Santos.
- Cheguei tarde ? Missa por minha culpa?
- Ri e conversei na Igreja?
- Vim a Igreja com vestidos indecentes, transparentes?
- Trabalhei nos Domingos e dias Santos?
- Mandei trabalhar?
- Não fiz a Páscoa (Confissão e Comunhão)?
- Fui a Santa Missa só para agradar a meus pais, a namorado(a)?
- Na Santa Missa fiquei fora da Igreja?
- Toquei na Santa Eucaristia?
- Comunguei na mão?

4º Mandamento - Honrar pai e mãe.


- Fui malcriado para meus pais?
- Desejei mal a eles?
- Fui desobediente a eles?
- Tive ódio deles?
- Entristeci-os?
- Respondi?
- Tive vergonha dos meus pais?
- Não os ajudei em suas necessidades?

5º Mandamento - Não matar.


- Pedi a morte?
- Pensei em me matar?
- Pensei em matar os outros?
- Tomei vingança?
- Briguei com os vizinhos?
- Machuquei os outros?
- Fiquei com raiva?
- Desejei mal aos outros?
- Levei outros ao pecado?
- Neguei-me a fazer as pazes?
- Neguei fala a alguém?
- Dei mau exemplo?
- Comi e bebi demais?
- Maltratei os animais?
- Bati gravemente nos outros?
- Xinguei os outros com palavras pesadas?
- Guardei raiva, pensei em vingança?
- Briguei sério com os outros?
- Arremedei e gozei dos outros?
- Ri dos outros?

6º MANDAMENTO - Não pecar contra a castidade.

- Pensei voluntariamente em coisas indecentes e impuras?
- Olhei com maldade para outras pessoas?
- Escutei conversas indecentes?
- Li, conversei e cantei coisas indecentes?
- Fiz maldade no meu corpo?
- Foi sozinho?
- Fiz maldades com outros?
- Li revistas imorais?
- Passei adiante?
- Fiz namoros maus?
- Tive liberdades?
- Usei roupas indecentes, transparentes, decotadas, curtas e colantes?
- Tive em boates, bailes, danceterias, bares e motéis?
- Liguei as trompas?
- Assisti ? filmes, novelas e programas indecentes?

7º e 10º Mandamento - Não furtar. Não cobiçar as coisas alheias.


- Roubei de meus pais?
- Roubei de outros?
- Aceitei ou comprei coisas roubadas?
- Fiquei com coisas achadas?
- Estraguei coisas dos outros?
- Não paguei minhas dívidas?
- Neguei dividas?
- Enganei nos negócios, no peso na medida?
- Gloriei-me da desgraça dos outros?
- Neguei esmolas?
- Fiquei triste com a felicidade dos outros?
- Desperdicei o dinheiro em jogos, diversões, bares, vícios e ? -toa?
- Desejei coisas alheias?
- Roubei coisa importante, e ainda não restituí?
- Comprei e não paguei, pedi emprestado e não devolvi?
- Por querer, comunguei com pecado grave?
- Vivo vadiando, sem fazer nada?
- Fui ganancioso?
- Usei maconha e outros tipos de drogas e vícios?
- Pequei, dizendo antes de pecar; 'depois eu me confesso?
- Fui invejoso?

8º Mandamento - Não levantar falso testemunho.


- Menti? - Prejudiquei a outros com mentiras?
- Falei mal dos outros?
- Fiz intrigas?
- Descobri os pecados dos outros?
- Inventei pecados dos outros?
- Falei os pecados dos outros?
- Sou fofoqueiro?
- Suspeitei mal do próximo?
- Restituí a boa fama?
- Caluniei os outros em coisa grave?
- Julguei?

9º Mandamento - Não desejar a mulher do próximo.

- Namorei sem querer casar com a pessoa?
- Tomei pílulas para não ficar grávida?
- Tomei parte em divertimentos perigosos para minha moral?
- Convidei os outros para pecar?
- Não afastei os desejos de fazer coisas indecentes?
- Tirei a honra de alguma menina?
- Evitei filhos por meios proibidos pela Igreja?
- Já me entreguei ao meu namorado(a)?
- Namorei pessoas casadas, divorciadas?
- Provoquei os rapazes ou garotas a fazer coisas indecentes comigo?
- Pedi prova de amor ? minha namorada(o)?
- Fiz atos indecentes com pessoas solteiras, casadas?
- Aconselhei e ajudei alguém a abortar?
- Fiz aborto?


Nota 

Com relação aos pecados mortais, é necessário, quanto possível, referir o número.
Depois do exame de consciência, feito com cuidado e recolhimento, medita por alguns momentos, em que perigo está quem cometeu um pecado mortal: pode cair no inferno, lugar de eternos sofrimentos, separado eternamente de Deus, sem esperanças de salvação... Pensa em Jesus sobre a Cruz, coberto de chagas, abandonado de todos na Sua agonia: tudo isto por causa do pecado.
Reflete na Misericórdia de Deus, que espere o pecador e o acolhe com carinho, quando se converte.

Depois do exame de consciência:
Meu Deus venho pedir perdão de meus pecados. Imploro Vossa Misericórdia e Vossa Graça para fazer uma boa Confissão. Enviai-me o Espírito Santo para conhecer quanto pequei, as suas causas e os meios de os evitar. Amém.

* Depois eu vou ao Padre.
* O Padre vai-me perdoar em Nome de Deus.


Eu rezo o Ato de Contrição

Meu Jesus, crucificado por minha culpa, estou muito arrependido de ter pecado, pois ofendi a Vós, que sois tão bom, e mereci ser castigado neste mundo e no outro. Mas perdoai-me Senhor, não quero mais pecar.


Vou mudar de vida
- Vou rezar todos os dias (No Sermão da Montanha; Mt.6,6-13).
- Vou reler os Mandamentos (Jesus e o jovem Lc. 18,18-23).
- Vou seguir Jesus (Jo. 14,15-17). - Vou ler um bom livro (II Tim. 3,16).
- Vou me confessar muitas vezes por ano

Fonte:http://frontcatolico.blogspot.com.br/2014/05/algumas-coisas-que-o-bom-catolico.html

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

PROGRAMAÇÃO PALESTRAS CONACAT 11 A 17 DE AGOSTO DE 2014


Adquira nossas palestras no site www.catolicoemrede.com.br


Avise seus amigos!!
As palestras serão reprisadas na madrugada
Olá! Tudo bom? Finalmente temos a programação completa do Conacat para você. Saiba uma coisa importante: teremos mais de 42 palestras e todas elas serão exibidas em um ÚNICO horário, porém no Conacat Corujão (sempre a partir da 00h00) haverá reprise de todas as palestras do dia. 

No turno da manhã, de segunda até sexta, sempre teremos 3 palestras! Pela tarde, duas. Pela noite, duas igualmente. Este congresso não tem certificado válido pois o Conacat não é uma empresa do setor de educação! Mas, vamos disponibilizar um certificado simbólico para que você imprima e se lembre deste momento especial.

O melhor de tudo: teremos palestras bônus! Aguarde que vamos divulgá-las.

Confira agora a programação oficial do Conacat dividida por turnos para facilitar sua vida. Copie, salve e imprima para você não se perder!

Um abraço!

Deus te abençoe!

Wagner Moura
Organizador Conacat



PROGRAMAÇÃO PALESTRAS :

CONACAT MANHÃ

Segunda-feira

9h Virginia Diniz - "Tô na mídia: 5 maneiras de fazer sua comunidade ser notícia nos meios de comunicação secular."

10h Raphael Freire - "Da pauta à apresentação: segredos para aumentar o poder comunicação católica no rádio."

11h Doris Hipólito - "Gravidez inesperada: como iniciar um centro de apoio a gestantes."

Terça-feira

9h Leanna Scal - "A experiência da WebTV Redentor: desafios na produção de uma TV diferente!"

10h Paulo Fernando - "Ação Política: Descubra como você pode influenciar no Congresso Nacional."

11h Cilene Paiva - "Fazer Teatral: Técnicas evangelizar sem timidez."

Quarta-feira

9h Mariângela Cônsoli - "Conquistar benfeitores: aprenda como atrair pessoas de bem para ajudar na sua causa."

10h Rodrigo Roncolato - "Muito além da selfie: Tire fotos como um profissional e evangelize como um discípulo!"

11h Alexandre Varela - "Faça você mesmo: 10 coisas que deram certo na JMJ e que vão ajudar você e sua comunidade a crescer na fé."

Quinta-feira

9h Victor David - "Empreendedorismo e design: Como trabalhar com uma loja virtual católica."

10h Padre João Dias Rezende - "A Beleza da liturgia como meio de combate ao relativismo."

11h Marcelo Braggion - "Tesouros da fé Católica: 5 curiosidades que vão mudar o seu jeito de ser Igreja."

Sexta-feira

9h Ketlin Talevi - "A igreja é notícia: 12 razões porque sua comunidade tem de ter um jornal agora."

10h Viviane Varela - "Blogar, compartilhar e curtir: Como eu posso ter um blog campeão de audiência e cuidar de três filhos ao mesmo tempo?"

11h Lucas Monteiro - "Guerra e Paz: Como atuar para resolver conflitos sociais."

Sábado 

9h Itallo Francisco - “Livros livres: Passo a Passo de como fazer seu bate-papo com os amigos mais proveitoso."

10h Marcio Guimaraes - “Design e valores: como dar uma identidade ao seu trabalho”

Domingo

9h Padre Eduardo Dougherty - "Anunciar a boa notícia pelos Meios de Comunicação"

10h Padre John Wauck - "A Igreja em Foco: Estratégias para cobertura jornalística internacional"

********************

CONACAT TARDE

SEGUNDA-FEIRA
14h Padre Oswaldo Gerolin - "Eu vi a internet nascer: O que mudou na evangelização católica com a rede mundial de computadores."

15h Murielle Brito - "Missionário sem Fronteiras: Aprenda 12 segredos para você evangelizar jovens estrangeiros."

*

TERÇA-FEIRA

14h Tiba Camargos - "Valores, criatividade e conteúdo católico: o que aprendi com a produção de vídeos para a TV Canção Nova."

15h Padre Kelvin Konz - "Pequenas ações, grandes transformações: o poder da magnanimidade em nossas relações."

*
QUARTA-FEIRA

14h Fabiano Farias - "Networking da Fé: A Internet e a construção de relacionamentos frutíferos."

15h Paulo Ries - "Bom senso. A melhor ferramenta para seu site católico!"

*

QUINTA-FEIRA

14h Bruno Gama - "Peregrinar em rede: Os benefícios de histórias de fé compartilhadas em grupo."

15h Fabiano Fachini - "Mega eventos: Como fazer seu evento católico sem perder a calma, o humor e a fé!"

*

SEXTA-FEIRA

14h Thiago Zanetti - "Conteúdo é rei! Como produzir textos de qualidade para a web: a experiência prática do Portal C3 Press."

15h Fernando Geronazzo - "Uma fonte de boas notícias: Como contar histórias reais sobre a Igreja e contribuir com mudanças positivas na vida das pessoas".

*

SÁBADO

14h Guilherme Ferreira - "Faça a diferença: Como conseguir assinaturas para projetos cidadãos que trazem mudança positiva!"

15h Rafael Coelho - "Além do grupo de jovens: Como formar uma confraria do seu santo de devoção, mantendo-se firme na caminhada."

*
DOMINGO

14h Carmadelio Souza - "Mais amor por favor: Habilidades essenciais para um encontro de transformação definitiva."

15h Walter Wellington - "Faça arte, não faça fofoca! O poder secreto da iconografia católica revelado."

********************

CONACAT NOITE

SEGUNDA-FEIRA

20h Seminarista Vinícius Farias - "A Rede é social: Como evangelizar por meio do Facebook e do Twitter sem virar um chato."

21h Sérgio Sousa - "Santidade é responsabilidade social: Os segredos dos santos que mudaram o mundo."

*

TERÇA-FEIRA

20h Prof. Hermes Nery - "Não se cale: Passo a passo de como perder o medo de temas polêmicos e agir."

21h Cleiton Robson - "Repense seus conceitos: Inove a sua forma de aprender sobre a Fé Católica."

*

QUARTA-FEIRA

20h Michel Pagiossi - "Testosterona e Fé: como levar homens à vida de oração."

21h Prof. Felipe Aquino - "Nossa História: Cristãos. Quem são, como vivem, de onde vieram e por que saber disso me faz mais feliz?"

*

QUINTA-FEIRA

20h Seminarista Mário Roberto - "Teologia da Amizade: Saiba como conciliar sua vida online e offline para fortalecer laços com amigos de verdade."

21h Padre Joãozinho - "A força do Carisma: 7 passos que transformam a comunicação pessoal e a vida em comunidade."

*

SEXTA-FEIRA


20h Wagner Moura - "Marketing Social: Como mobilizar pessoas em redes."

21h Pedro Gontijo - "O Estado é Laico: fé, espaço público, laicidade y otras cositas más..."

*

SÁBADO

20h André Brandalise - "Pipoca, Guaraná e Fé: 5 filmes que são uma verdadeira ação pastoral e porque você vai assisti-los na sua comunidade."

21h Maite Tosta - "Será que vou casar? Aprenda o poder transformador de uma decisão definitiva."

*

DOMINGO

20h Juvêncio Farias - “Cantar a missa: Por que a música sacra e litúrgica faz toda diferença no nosso ministério?"

21h Jorge Ferraz - "Semeando entre lágrimas para colher com alegria: na saúde e na doença."

******************************

quinta-feira, 24 de julho de 2014

"O testemunho da beleza da família" é refletido no texto preparatório do Sínodo


E-mailImprimirPDF
sinodo-panoramicaO Instrumento de trabalho do Sínodo Extraordinário dos Bispos sobre a Família, convocado pelo papa Francisco para o mês de outubro, traz reflexão que trata da importância do "Testemunha da beleza da família". De acordo com o texto de trabalho, que será debatido pelo bispos do mundo inteiro, "o testemunho é essencial, não só de coerência com os princípios da família cristã, mas também da beleza e da alegria". Ainda, o Instrumento valoriza o trabalho da Pastoral Familiar, mas por outro lado, recorda a necessidade desta pastoral ser "o caminho do testemunho cheio de encanto da família vivido à luz do Evangelho e em união constante com Deus". Vale a pena ler essa reflexão.
Confira abaixo trechos do Instrumento:
"O Testemunha da beleza da família"
59. Um ponto-chave para a promoção de uma pastoral familiar autêntica e incisiva parece ser ultimamente o testemunho do casal. Este elemento foi recordado por todas as respostas. O testemunho é essencial, não só de coerência com os princípios da família cristã, mas também da beleza e da alegria que proporciona o acolhimento do anúncio evangélico no matrimônio e na vida familiar. Também na pastoral familiar se sente a necessidade de percorrer a via pulchritudinis, ou seja, o caminho do testemunho cheio de encanto da família vivido à luz do Evangelho e em união constante com Deus. Trata-se de mostrar também na vida familiar que «crer n'Ele e segui-lo não é algo apenas verdadeiro e justo, mas também belo, capaz de cumular a vida dum novo esplendor e duma alegria profunda, mesmo no meio das provações» (EG 167).
60. Algumas Conferências Episcopais fazem notar que, mesmo se em muitas áreas geográficas o bom êxito do matrimônio e da família já não é dado por certo, observa-se, contudo, que nos jovens há uma elevada estima pelos cônjuges que, até depois de muitos anos de matrimônio, ainda vivem uma escolha de vida que se distingue pelo amor e pela fidelidade. Também por isto, celebram-se em muitas dioceses, na presença dos bispos, jubileus e festas de agradecimento pelos cônjuges casados há anos. Nesta mesma direção, se reconhece o testemunho especial dado por aqueles cônjuges que permanecem ao lado do próprio consorte não obstante problemas e dificuldades.
Assessoria de Imprensa CNPF com Vatican.va

ACI Digital exibirá palestras do Conacat

ACI Digital exibirá palestras do Conacat
O portal de notícias católicas vai exibir as palestras do evento em
uma área exclusiva que funcionará durante sete dias


Um dos portais de notícias católicas dentre os mais acessados do
Brasil, ACI Digital, oficializou nessa quarta-feira (23) parceria com
o Congresso Nacional Católicos Online (Conacat) - Todos pela Cultura
do Encontro. O portal dedicará uma área exclusiva para exibição
simultânea das palestras do Conacat, durante o período de 11 a 17 de
agosto. Pioneiro e inovador, o Conacat terá 42 palestras, totalmente
online e gratuitas, e acontecerá no ciberespaço por meio do site
www.catolicoemrede.com.br, de onde as apresentações serão transmitidas.
Para acompanhar a programação do evento é necessário inscrever-se no
site do Conacat.



“O apoio da mídia católica tem sido muito importante para criar
comunhão de todos que aderiram à evangelização pela internet. Acredito
que a parceria com a ACI Digital demonstra a vivência prática da
inculturação do Evangelho nas redes sociais digitais”, ressalta Wagner
Moura, idealizar e organizador do Conacat, ao agradecer a parceria
feita com a ACI Digital.

O Conacat ganha progressivo espaço nos principais sites de notícias
católicos e a adesão de fiéis de expressões eclesiais, movimentos,
pastorais e congregações diversos. Em menos de um mês de abertura das
inscrições, o evento se aproxima da marca de 3.000 inscritos, de
acordo com a organização. A proposta de um encontro totalmente online,
sem custo de deslocamento, hospedagem ou mesmo inscrição atrai
católicos e curiosos de todas as idades.

As palestras do evento são dividias em quatro eixos temáticos:
Comunicação, Arte & Design, Ação Política e Juventude. Na apresentação
de cada palestra há padres e leigos, com experiência na
evangelização pela internet e em boas práticas evangelizadoras em suas
comunidades e apostolados.

Entre as palestras mais esperadas estão aquelas que devem ser
apresentadas por referências da evangelização católica como padre
Joãozinho, scj; professor Felipe Aquino (Canção Nova); Tiba Camargos
(Canção Nova ); Carmadelio Souza (Comunidade Shalom); e o padre e
professor da Universidade de Santa Cruz (Pontifícia Università della
Santa Croce), uma das mais tradicionais de Roma (PUSC-Roma), John
Wauck. O palestrante internacional é presidente do Comitê Organizador
do Seminário “The Churck Up Close: Covering Catholicsm in the Age of
Francis” (“A Igreja em foco: cobrindo o catolicismo na era de
Francisco”, em tradução livre), seminário que acontecerá em setembro
desse ano, em Roma, voltado para jornalistas estrangeiros que cobrem a
Igreja Católica.

Para o jovem pároco da paróquia Santa Cruz, arquidiocese de
Florianópolis, padre Kelvin Konz, o Conacat será uma oportunidade de
formação para os participantes. “Aprofundarmos o caminho que temos
trilhado de evangelização com as mídias sociais. Que [esse evento]
possa ser bem proveitoso para todos nós”. Declarou o padre em
vídeo-mensagem publicado na página social do evento,
fb.com/congressoonline.

Com a parceria com de ACI Digital, o Conacat poderá alcançar um maior
número de católicos que promovem o Evangelho no ambiente digital.“A
internet é uma realidade que veio para ficar. E o verbo se fez carne.
E o verbo também se fez Rede, se fez bite e habitou no meio de nós.
Mas nós estamos só no início desse admirável mundo novo e precisamos
aprender a evangelizar nessa praça virtual. Navegar é preciso! E nós
não podemos ficar de fora, ficar excluídos da praça”, reforça o
padre”, pontua o padre, que falará sobre carisma da comunicação
pessoal e comunitária.

Além do cunho formativo, o evento tem um objetivo social: todas as
palestras do Conacat poderão ser adquiridas por um valor simbólico e
50% da renda obtida será revertida para iniciativas que amparam mães
em situação de vulnerabilidade social, como a Casa Pró-Vida São Frei
Galvão (RJ) e a Associação Guadalupe (SP). As inscrições no evento
podem ser feitas no site www.catolicoemrede.com.br

------------------------------------------------------------------------- 
Virgínia Diniz - (98) 8148 3366
Assessoria de imprensa 
Congresso Nacional Católicos Online (Conacat)