quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

ABERTURA OFICIAL DO ANO FRANCISCANO



ABERTURA OFICIAL DO ANO FRANCISCANO
Contemplar na vida de Francisco uma seta para nosso Carisma. Nós somos filhos de Francisco” Pe. Raphael
Amados filhos e filhas deste Santo Carisma.
No dia 16 de fevereiro estaremos abrindo oficialmente nosso Ano Franciscano, tempo em que desejamos trazer Francisco para perto de nós. Assim sendo, o espírito que celebraremos este Ano Franciscano será:
1º - Conhecer melhor o franciscanismo através de seus escritos e de todo o patrimônio histórico e espiritual da Ordem que ele fundou.
2º - Esforçarmos para vivermos essas duas colunas da espiritualidade franciscana que é a Pobreza e a Fraternidade.
3º - Fomentar Simpósios ou Seminários sobre a vida de Francisco.
Para demarcar este tempo, entronizaremos solenemente em nossas casas, a Cruz de São Damião que será abençoada na missa, juntamente com a cruz dos leigos, da Família Resgata-me, e também de benfeitores e amigos que desejarem estar em comunhão conosco.
A cruz deve ficar em um lugar visível da casa, com o lema: “Persevereis naquilo que começastes” (SC 65). A Fratérnitas providencie para que tanto a cruz da Fratérnitas, quanto a dos leigos e Família Resgata-me fique pronto o quanto antes.
Apesar de estarmos no tempo da Quaresma, poderemos ensaiar cantos franciscanos para este dia.
Antes da abertura oficial do Ano Franciscano, é recomendável dar uma formação sobre Francisco para os formandos, leigos e Família Resgata-me. Podemos aproveitar o Itinerário Espiritual que nos foi dada pelo Pe. Raphael.
Um Rico Ano Franciscano! Vosso Pai e fundador, Pe. Gilson Sobreiro,pjc.
Eu vos peço, e rogo com insistência, como a meus filhos muito queridos’ (IICor 4,14), que persevereis naquilo que começastes com a inspiração do Espírito Santo; não abandoneis o caminho da perfeição, como alguns costumam fazer; mas, fugindo de todos os laços das trevas, sempre vos esforceis no caminho da perfeição. A vossa profissão é muito elevada; como luz mais clara, ela brilha sobre o homem, sobre a vida de perfeição dos antepassados. Não duvideis da posse do reino dos céus; e não haja nenhuma hesitação em vós a respeito. Porque já tendes a garantia da herança futura e já recebestes o penhor do Espírito; estais marcados com o selo da glória de Cristo (II Cor.1,22) e, por graça D’Ele. Não há nenhum motivo para terdes vergonha de dizer: “Eis que deixamos tudo para te seguir” (Mt 19,27) (Sacrum Commercium 65)