sábado, 12 de janeiro de 2013

A missão de Jesus inicia com seu Batismo e a nossa também


A missão de Jesus inicia com seu Batismo e a nossa também



Queridos irmãs e irmãs, estamos celebrando no domingo proximo, a liturgia do Batismo do Senhor, Isso marca o inicio da vida publica de Cristo. É um dia de festa para nós cristãos. Deus se revela a nós na trindade santa, isto é Pai, Filho e Espirito Santo. Nós também assumimos uma missão de evangelizador no nosso Batismo. Há um só Batismo.
No livro do profeta Isaias nos fala de um misterioso "Servo" escolhido por Deus e enviado aos homens para instaurar um mundo de justiça e de paz. (cf. Is 42,1-4.6-7) Isso nos mostra que Deus é da justiça e do amor, pois com eles vem a paz tão desejada por todos. Deus sempre estará do lado dos que querem ser fieis a Ele numa vida coerente. Nada se desfaz na misericórdia de Deus. Deus sempre caminhará com seu povo dando força e coragem na caminhada desse mundo rumo a eternidade com Ele.
Nos atos dos apóstolos narra o Batismo de Cornélio. (cf. At 10, 34-38) Lá, Pedro dá um testemunho veemente de Cristo e dá eles uma catequese e depois batiza toda família. Isso indica que adultos e crianças foram batizados, porque o importante é crer em Jesus e fazer o que Ele mandou e viveu. Jesus deu exemplo e nós como aderimos a Ele devemos fazer o mesmo.
O mundo se transforma com a nossa conversão para o bem. Interessante, Cornélio torna-se o primeiro pagão a receber a fé em Cristo e é admitido ao cristianismo através de Pedro, o apostolo da Palavra e do testemunho de Cristo. Assim, temos que levar Jesus a todos e encaminhar os que querem ser cristão. A Igreja é ornada com filhos e filhas que vivem o mandamento do amor e do perdão. Não há Igreja sem a misericórdia de Deus, sem a  partilha, sem a  solidariedade entre os seus membros.
O evangelista Lucas narra para nós a cena do Batismo de Jesus. No ato do Batismo. a trindade presente: Pai, Jesus e o Espirito Santo. Jesus tem a missão de libertar as pessoas para uma vida digna e comprometida com a causa do Reino. O reino Deus está presente onde há amor, solidariedade, partilha, justiça, paz, perdão e acolhimento a todos que precisam de uma mão que ajuda e levanta a pessoa da angustia e do pecado. (cf. Lc 3. 15-16.21-22)
No Batismo de Jesus, o céu se abre e os homens novamente pode ter contato com Deus. O homem se aproxima de Deus por Jesus. O Espirito Santo vem em forma de pomba e pousa sobre Jesus, isso pode nos remeter ao diluvio, uma pomba traz a arca de Noé ramos, mostrando que a vida renasce com todo o seu esplendor. Uma voz vem do céu. Já havia passado 300 anos que a voz de Deus não era ouvida através dos profetas. Agora é Jesus, a voz do Pai que será proclamada em todas as direções. Quem a ouviu foi libertado e nós que queremos ser fieis a Deus devemos ouvir e seguir Jesus no seu caminho de sofrimento, de cruz e de ressurreição. Não podemos ter vida se não aderirmos a Jesus plenamente.
Jesus não precisava ser batizado, pois não tinha pecado, mas Ele se deixou ser Batizado por João para demonstrar que estava iniciando a sua missão entre nós na força da trindade santa.
Que esta liturgia nos ajude a entender melhor o significado do nosso batismo e assumir definitivamente a vida de Deus em nós. Que cada um assuma a sua responsabilidade de trabalhar na seara do Senhor, praticando o bem e engajando em alguma pastoral para ser balsamo aos que mais sofrem na nossa sociedade. Amém 

Bacharel em teologia Jose Benedito Schumann Cunha