domingo, 15 de julho de 2012

A principal arma espiritual da consagração


Padre Paulo Ricardo nos fala da importância da oração para a vivência da consagração total a Virgem Maria.
A principal arma espiritual dos cristãos consagrados a Virgem Maria é o rosárioDentro dessa realidade da consagração, é importante ter práticas de devoção mariana. A primeira de todas chama-se a récita do santo Rosário. Quando o Rosário foi revelado a São Domingos de Gusmão, foi revelado como uma arma espiritual no combate dos hereges. O Santo já estava perdendo as forças fazendo penitências, pregações na França contra os Cátaros, hereges, quando Nossa Senhora revelou a ele o saltério mariano. Ela falou sobre as cento e cinquenta Ave-Marias do Rosário, que agora são duzentas, com os mistérios da Luz, criados por João Paulo II.
Por que precisamos fazer essas orações? Qual é o benefício que elas podem trazer para nós?
O Rosário é a prática mariana principal, que tem como finalidade meditar os mistérios da vida de Nosso Senhor Jesus Cristo e de Nossa Senhora. A Ave-Maria é simplesmente a música de fundo enquanto você medita os mistérios. Essa meditação vai configurando o seu coração ao coração de Cristo. Essa é uma meditação dos mistérios cristológicos. É muito importante a récita do Rosário, pelo menos um terço diariamente. Esta é a arma espiritual.
Todo mundo diz: Padre Paulo, o que é que vamos fazer? A Igreja está perdida, olha os hereges, olha o liberalismo, olha a confusão, olha o modernismo na Igreja, meu irmãozinho, terço neles. É a nossa arma, que foi revelada a São Domingos no combate dos hereges. Tem heresia na Igreja? Parece que eles estão vencendo? Então é sinal que precisamos rezar mais o terço.
Nossa Senhora falou, em suas aparições em Fátima e outras, sobre a necessidade da oração do Rosário. Em todas elas, Maria fala da oração do terço diário. Quantas vezes Maria terá que repetir pra gente entender. Depois, essa entrega nas mãos da Virgem Maria, como ela ensinou em Fátima, a entrega do nosso sacrifício reparador, do nosso sacrifício para consolar o Coração de Jesus, pela conversão dos pecadores. Colocamos tudo isso no Coração dela.
A consagração é uma forma de colocarmos um arsenal nas mãos da Virgem Maria. A gente vai fazendo e colocando tudo nas mãos dela. Na hora que ela quiser, ela aperta o botão vermelho e a “bomba atômica” explode, e o seu Imaculado Coração triunfará! Mas, triunfa sempre do jeito de Deus, é o jeito claramente do Senhor. Não é uma artimanha política e humana, não é um jeito humano. Claro que precisamos fazer alguma coisa, agir e lutar. Só que saiba o seguinte, nós lutamos, mas não somos nós que vamos vencer. É Deus que irá triunfar, porque Ele já triunfou no coração de Maria. O triunfo de Deus no coração de Maria vai se alargar no coração de todos. Esse é o triunfo de Maria.
Este é o sétimo artigo da série “Como fazer a consagração?”, retirado de palestras do Padre Paulo Ricardo no I Consagra-te de Cuiabá, em 2011. Leia também o primeiro artigo, intitulado “Qual é o segredo para a felicidade?“, o segundo, “Como entregamos os bens materiais a Virgem Maria?“, o terceiro: “Como entregar meus bens espirituais a Virgem Maria?“, o quarto: “Por que Rebeca é a imagem da Virgem Maria?”, o quinto: “Por que precisamos da Virgem Maria?“, e o sexto: “Entregue tudo nas mãos de Nossa Senhora“.