terça-feira, 1 de maio de 2012

Ataque a cristãos mata pelo menos 15 na Nigéria ( Mais mártires nigerianos…)


Mais mártires nigerianos…

1 de maio de 2012
Por 
A Nigéria é um país enorme, o mais populoso da África. A configuração populacional concentra os islamitas mais ao sul, enquanto os cristãos, em sua maioria católica, se encontram ao norte do país. O país se convulsiona pela luta de poder, com a conivência da dona ONUque está mais preocupada em financiar abortos em países pobres, enquanto civis cristãos e muçulmanos matam e morrem, com o silêncio de todo mundo.
Reprodução: Católica morta no ataque à Universidade de Bayero, durante a missa.
Os últimos ataques vieram dos “inocentes” muçulmanos, que atacaram dois grupos cristãos na Universidade de Bayero, em Kano. Duas bombas explodiram durante duas missas que aconteciam em locais distintos da universidade, há 48 horas atrás. Aproximadamente 16 pessoas morreram. Ocorre que hoje, 01 de maio, outro atentado do mesmo grupo radical, o Boko Haram, matou mais civis inocentes.

Reprodução: mais uma vítima dos ataques terroristas do Boko Haram. Ele morreu pouco depois desta foto.
Essas notícias devem nos envergonhar quanto à paralisia espiritual que há uns invade. Em outros lugares do mundo o cristianismo é sinal de heroísmo, mas aqui no Brasil, para ser simpático a uns colegas de trabalho, para não incomodar uns familiares chatos, para parecer antenado com a “mudernidade” se negocia pontos fundamentais da fé cristã, quando não se os negam simplesmente. Que Deus tenha misericórdia de nós e faça surgir, do sangue dos mártires nigerianos, uma geração de cristãos mais santa, lá e aquiE que Ele nos perdoe nossa covardia e mediocridade.

FONTE:http://humanitatis.net/?p=6105


Ataque a cristãos mata pelo menos 15 na Nigéria

Nenhum grupo assume atentado em teatro de universidade que estava sendo usada por cristãos na cidade de Kano; grupo Boko Haram é suspeito
30/04/2012 00h00


















KANO- Atiradores deixaram pelo menos 15 mortos em um ataque ontem a um teatro universitário que estava sendo usado por fiéis cristãos na cidade de Kano, no norte da Nigéria.
Foi o mais recente de uma onda de atentados durante datas cristãs no norte do país, os quais autoridades nigerianas acreditam poder ser uma tentativa de fomentar conflitos religiosos no país. De acordo com fontes do setor de segurança, houve tiros em outras partes da cidade, que acreditam ter sido disparados pelos mesmos homens.
O Exército nigeriano anunciou ter restabelecido a segurança na área, mas não informou quantas pessoas haviam sido mortas. Dirigentes da Cruz Vermelha disseram estar tentando ter acesso ao local. Nenhum grupo reivindicou de imediato a responsabilidade pelo ataque.
Mortes - A seita radical islâmica Boko Haram, que pretende formar um Estado islâmico no norte da Nigéria, matou centenas de pessoas em atentados e tiroteios este ano. Seus principais alvos são autoridades do governo e policiais, mas o grupo também se volta contra igrejas.
Diplomatas e oficiais militares dizem que o Boko Haram têm vínculos com grupos terroristas alinhados à rede Al-Qaeda na África. Membros da seita também teriam sido vistos no norte do Mali com rebeldes tuaregues, e islamitas radicais tomaram controle da região no mês passado.
Bombas também foram
usadas durante o ataque em Kano, no norte do país. Os homens tinham como alvo o local onde grupos cristãos costumam se reunir, e muitas outras pessoas ficaram seriamente feridas, segundo o porta-voz da polícia de Kano, Ibrahim Idris.
Boko Haram - Nenhum grupo se disse imediatamente responsável pelo ataque, mas as suspeitas iniciais apontam para o grupo islamita Boko Haram, que já causou centenas de mortes em ataques a tiros e a bomba este ano. Alguns dos alvos foram igrejas.
O Boko Haram promoveu um ataque em Kano no início do ano que deixou mais de 180 mortos, o atentado mais mortal da história do grupo. O governo nigeriano tem tentado conter o grupo militar, que se concentra no norte do país, de maioria muçulmana, mas que já fez atentados em outros locais, como a capital Abuja.